Dicas Práticas

O que é startup e como construir a sua? Confira aqui!

Imagem de destaque do post O que é startup e como construir a sua? Confira aqui!

O que é startup? Vale a pena apostar nesse modelo de negócio? Como construir a sua e obter sucesso? Venha descobrir as respostas aqui!

O que é startup? Essa, sem dúvida, é uma pergunta muito comum em nossos dias e ela fica ainda mais evidente, quando ouvimos alguém dizer que as startups estão fazendo sucesso.

No entanto, o que é startup mesmo? Há quem diga que uma startup nada mais é do que uma pequena empresa que começou a operar há pouco tempo.

Outros afirmam que esse modelo de negócio nada mais é do que uma empresa que tem custos de manutenção muito baixos, porém que detém capacidade para crescer de uma maneira muito veloz e, ainda, ter lucros significativos.

Contudo, a definição mais acertada sobre o que é startup é: a reunião de um grupo de pessoas que estão procurando um modelo de negócio que seja repetível e escalável em um cenário de extrema incerteza.

O que é startup, afinal?

Uma startup não está limitada atuar com negócios digitais, pois o foco é a inovação. Até, porque sem a inovação, ela nada mais é do que uma empresa tradicional.

Outro ponto a ser esclarecido é que tem gente por aí achando quem uma startup é uma empresa de internet, mas não é! De fato, elas marcam mais presença na web, porque é um meio não só mais barato como também fácil de ver sua mensagem sendo propagada.

Startup: conceito e características

O que é startup? É uma empresa que tem um modelo de negócios! Aqui, alguns podem até achar que é a mesma coisa que um plano de negócios, mas não é! O foco do plano de negócios são as estratégias que foram detalhadas tendo como objetivo a conquista de uma meta.

No entanto, no modelo de negócios, o foco não está no produto e sim no valor, logo na rentabilidade que ele traz. Traduzindo, o modelo de negócio é a forma que sua empresa age para solucionar a dor que o seu cliente tem e, ainda, tem lucro pra fazer isso.

O grande desafio nessa característica está em criar algo que traga inovação ou, ainda, colocar esse modelo de negócio em uma área onde ele não é aplicado ou, ainda, criar um modelo de negócio inovador.

Dois fatores importantíssimos em uma startup são: escalável e repetível. Esses dois elementos precisam ser pensados e pesados, pois caso contrário, o negócio pode ficar inviável.

Afinal, quem opta por uma startup nunca sabe o dia de amanhã, pois será preciso ter capital pra manter a empresa. Um produto que é repetível e escalável gera lucro fácil, porque ele soluciona de forma rápida o problema de muitas pessoas.

Você pode estar se perguntando, mas que é ter um negócio repetível? A resposta é simples! Um negócio repetível nada mais é do que a capacidade que sua empresa tem de entregar o mesmo produto de forma ilimitada. Assim, não foque apenas em customizações ou adaptações, pois o foco da startup é ser capaz de multiplicar.

Quando falamos em escalável, significa a capacidade que a empresa tem para crescer sem que isso traga algum tipo de influência no modelo de negócio escolhido. Assim, uma empresa que consegue ter essas características tem tudo para ser um startup de sucesso mesmo em um mercado tão concorrido como o atual.

Como montar uma startup do zero? 5 dicas

Desde que começou a ganhar espaço no Brasil, as startups estão fazendo uma verdadeira revolução. Agora, após você ter entendido o que é startup, vamos trazer cinco dicas para aqueles que querem começar o negócio do 0.

1ª Dica – Estude muito!

Quem quer sair do zero e ter sucesso com a sua startup precisa apostar nos estudos dentro da área de Gestão Empresarial. O estudo é fundamental, pois de nada adiantará abrir uma empresa se você não sabe como lidar tanto com a empresa quanto com os sistemas que a envolvem e com os sócios.

Busque ainda conhecimento em marketing, administração, economia e legislação. Se você não tem dinheiro para tanta especialização, aposte em cursos gratuitos que dão certificados. Eles são muito bons!

2ª Dica – Projeto deve ser estudado de forma cautelosa

Tem uma proposta em mente? Mas, ela também apresenta potencial suficiente para prosperar e crescer? Qual é o produto e/ou serviço que será oferecido? Sua ideia apresenta demanda? Essas são algumas das questões que precisam de resposta antes mesmo de tirar as ideias do papel.

Está com dúvida? Esse ainda é o momento que você pode errar! Por isso, não tenha medo de questionar e buscar ajuda de pessoas mais experientes.

3ª Dica - Saiba quem é o seu cliente

Antigamente, as pessoas falam em público-alvo, porém, agora vamos falar em persona, que nada mais é do que, fazer com que o seu público fique ainda mais delimitado. Por isso, antes de abrir sua startup defina: o seu cliente, quais as necessidades que ele tem e quem serão os consumidores do seu produto.

Não sabe colocar no papel essas respostas? Então, o melhor é parar e pensar e rever o seu negócio e as estratégias usadas, pois sua persona precisa ser definida de forma prioritária, porque é só a partir do momento que você conhece o perfil dos clientes que será capaz de definir estratégias para que seu negócio cresça, pois ela tem uma demanda de mercado.

4ª Dica - Atualização Constante

Como você bem sabe, o mercado está passando constante atualização, e uma startup só vai ter sucesso se ela estiver acompanhando o mercado e as tendências dele. Essa atualização pode ser feita por meio do estudo da ação de grandes empresas e, ainda, da forma como estratégias de sucesso estão sendo aplicadas por empresários.

Um momento! Não estamos falando que você tem que se apropriar de ideias alheias, não! Veja como eles fazem e adapte ao seu cenário, pois como eles já experimentaram, a sua chance de errar diminui significativamente.

5ª Dica – Financiamento pra tirar a startup do papel

O dinheiro é fundamental para alancar sua startup. Se você ainda não tem o suficiente, busque a ajuda de outras empresas ou de pessoas físicas que estão interessadas em investir e se não der certo, recorra aos bancos.

 

Mais de Dicas Práticas

Ver mais